Loading...
Tecnologia e Inovação

Startups financeiras na América Latina

startups

Olá ouvintes da rádio UEL FM e da rádio Alma Londrina, hoje o programa da Aintec vai falar sobre a posição ocupada pelo Brasil no estudo que envolve startups financeiras “Empreendimentos Fintech na América Latina”, desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Segundo o levantamento, o Brasil é o país com maior número de startups financeiras na América Latina. São 230 empresas no setor, contra as 180 do México, que ficou em segundo lugar. A terceira posição é ocupada pela Colômbia, com 84 empresas.

Os cinco países com mais startups financeiras da América Latina representam 90% da atividade fintech nessa parcela do continente.

A pesquisa mostra que o número de startups voltadas para serviços financeiros aumentou muito nos últimos dois anos e isso tem provocado mudanças no setor.

No geral, o estudo identificou 703 empreendimentos em 15 países que oferecem soluções mais ágeis, menos burocráticas e mais baratas para serviços financeiros. Desse total, três em casa cinco empresas foram criadas entre 2014 e 2016.

Em relação às áreas de atuação, uma em cada quatro empresas opera como plataformas alternativas de financiamento, como ofertas de empréstimos, financiamento colaborativo ou financiamento por meio de intermediação de faturas.

Outra quarta parte atua como empresa de pagamento e as demais operam em áreas como gestão de finanças empresariais e pessoais, gestão patrimonial, seguros e bancos digitais.

O estudo também concluiu que 41,3% dos entrevistados tem a missão de atender clientes subatendidos por serviços financeiros tradicionais. Para a pesquisa, essa característica de atendimento aumenta o potencial das fintechs de fomentar a inclusão financeira na América Latina.

Nossa coluna sobre Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo termina aqui. Programa da Aintec. Produção e locução: Mariana; e Gravação de João Lopes, da rádio UEL FM.