Loading...
Jornalismo Cultural

Red Mess lança crowdfunding para financiar seu primeiro CD

“Into the Mess” traz 8 faixas e deve ser prensado pela monstro Discos. Banda tem 30 dias para arrecadar R$ 10 mil

Depois de 4 anos na estrada e com 2 EPs no currículo, a banda londrinense Red Mess está a um passo de lançar seu primeiro álbum completo. “Into The Mess”, gravado e mixado no estúdio Infrasound, em Florianópolis, está saindo do forno e agora precisa da ajuda do público para ficar pronto.

E para viabilizar o lançamento do disco, Lucas Klepa, Douglas Labigalini e Thiago Franzim, integrantes da banda, colocaram no ar, nesta terça-feira, 20, a campanha de financiamento coletivo que deve garantir a prensagem de “Into The Mess”. “Nós acompanhamos o cenário da música independente no Brasil já há algum tempo, mesmo antes da formação da banda. Sempre vimos e até contribuímos com outras campanhas de financiamento coletivo e, quando o material do Into The Mess ficou pronto, pensamos ‘gora é a nossa vez’”, conta Lucas, baixista e vocalista do Red Mess.

O objetivo principal da campanha é financiar a prensagem do disco, que deve sair pela Mostro Discos, pagar as despesas de gravação e mixagem, e produzir o primeiro clipe da banda. “Nós passamos os últimos 4 anos estudando, compondo e tocando. Lançamos dois EPs autorais, vamos sair em tour com uma banda internacional nos próximos meses e temos mais 8 faixas inéditas, que compõem o disco. Nossa ansiedade para colocar o CD pra rodas é enorme, a gente sente que esse momento é crucial para a banda”, avalia  o baterista Douglas.

Esse mecanismo de financiamento, que conta com colaborações espontâneas em plataforma  online, é bastante conhecido na cidade de Londrina. Aqui, festivais como o ECOH – Encontro de Contadores de História, o Movimento dos Artistas de Rua de Londrina, além de bandas como o Busker Denim e o Abacate Contemporâneo, já financiaram seus projetos com essa prática. “O que nós percebemos é que o público cultural da cidade tem disposição e vontade de ajudar. No nosso caso, a plataforma escolhida foi o Benfeitoria, os valores são bem variados, vão de R$20 a R$2 mil reais. E para cada contribuição nós disponibilizamos kits diferentes de recompensa, tem camiseta da banda, entradas para o show de lançamento, pôster e, claro, o próprio disco. A ideia é financiar o CD, mas também garantir que todo mundo saia ganhando”, conta o guitarrista Thiago

A campanha de financiamento coletivo segue no ar até o dia 19 de Julho. Nesse período, a banda precisa arrecadar no mínimo R$10 mil, isso porque o mecanismo é “tudo ou nada”, ou seja, caso não tinja a meta mínima, o dinheiro arrecadado será devolvido aos contribuintes e a banda não financia a prensagem do CD.

“O que a gente espera é que o público que segue o Red Mess dê uma olhada no site, contribua com a campanha, claro, e apresente o trabalho a outros amigos e familiares. O trabalho é grande, mas a gente não pode deixar de prensar esse disco, é muito importante pra gente”, completa Lucas.

Para conhecer a campanha e contribuir com o lançamento de Into The Mess, o site é o benfeitoria.com/intothemess Outras informações também estão disponíveis em facebook.com/redmessmusic/ ou facebook.com/bracodireitoproducoes/

Foto: Divulgação