Loading...
MeiaEntradaCast

Pulp Fiction, a obra-prima de Tarantino

Sim, cinéfilos do Brasil e do mundo! Está no ar mais um episódio do MeiaEntradaCast, o seu podcast de filmes cult. Nessa semana, Renan Fileto, Caio Monteiro, Milk Fagionato e Vinicius Monteiro se reúnem para bater palmas para o filme que alavancou a carreira de Quentin Tarantino: Pulp Fiction. Nos dias de hoje, Tarantino é considerado um dos grandes diretores do cinema.

Mas, como sempre, ele precisou batalhar muito para se provar e merecer essa admiração. Trabalhando inicialmente como roteirista – e já sendo muito elogiado, importante frisar, o diretor americano passou a controlar as câmeras em 1992, com o cultuado “Cães de Aluguel”. Nesse primeiro longa, já tivemos suas principais características: diálogos envolventes, atuações viscerais e muita, muita violência. Apesar de chamar a atenção em seu primeiro trabalho, foi somente dois anos depois que a consagração chegou.

Em 1994, o cinema conheceu “Pulp Fiction”. E mudou. E passou a acompanhar a carreira de Tarantino mais de perto. O filme, naturalmente ousado, contava com atores consagrados como John Travolta, Bruce Willis e Harvey Keitel e se desenrolava numa trama instigante e não-linear. Um verdadeiro exercício para aqueles que admiram a sétima arte e a coragem dos grandes diretores.

Tamanha coragem rendeu para Tarantino o óscar de melhor roteiro original, já que além de dirigir ele também escreveu o longa. Único óscar dado ao diretor até hoje.

Venha para o programa e se prepare para saber:

1) como ser um verdadeiro Bad motherfucker?

2) como escrever personagens realmente interessante para o público?

3) porque a história de Pulp Fiction é uma referência até hoje?

Episodio repleto de spoilers do começo ao fim.

Aproveite também e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/meiaentradacast