Loading...
Tecnologia e Inovação

A piscicultura cresceu 8% no país em 2017

A piscicultura cresceu 8% no país em 2017. Quem apresentou esses dados foi a Associação Brasileira da Piscicultura, a Peixe BR, através do Anuário da Piscicultura Brasileira – edição 2018.

Ouça o podcast:

Esse crescimento foi comemorado pelos piscicultores e a Peixe BR está otimista com a competitividade da área. A associação prevê que, na próxima década, o mercado da carne de peixe será similar aos das carnes suínas e bovinas.

E as startups do setor já se preparam para esse aquecimento. É o caso da londrinense AgroTATIL. Luiz Henrique Volso, sócio da empresa, atribui esse crescimento à demanda por proteínas. Para ele, a expectativa é que o mercado continue aquecido nos próximos anos, gerando mais potencial de comercialização de soluções para o setor.

Soluções inovadoras voltadas à piscicultura, como as da AgroTATIL – incubada na Intuel – são importantes devido ao aumento constante da demanda por proteína de peixe. Volso explica que os produtores precisam aumentar a produção para acompanhar esse movimento.

O empreendedor também esclarece que, no caso da piscicultura, existe um agravante na expansão das áreas cultivadas, que é a disponibilidade de água e o alto custo para instalação de novos viveiros. Desse modo, a solução TATILFish, principal tecnologia da AgroTATIL, ajuda o produtor e otimizar a produtividade dos viveiros já instalados, além de proporcionar uma economia com arraçoamento, que é o maior custo hoje na produção de pescado.

Volso vê o cenário londrinense para a área com otimismo: Segundo o empreendedor, à exemplo do resto do Paraná e do Brasil, os produtores estão aproveitando o aquecimento do setor e investindo nas suas pisciculturas aqui na região.

O incubado expõe que os produtores do norte do Paraná ainda têm uma vantagem competitiva em relação ao resto do estado, que é um valor melhor de venda da tilápia, principal espécie produzida na região.

E por falar em tilápia, o Anuário da Piscicultura Brasileira de 2018 mostrou também que essa é a mais importante espécie de peixe cultivada no Brasil. O cultivo de tilápia representa 51,7% da piscicultura nacional, com mais de 350 mil toneladas produzidas em 2017. Esses números colocam o país entre os quatro maiores produtores do mundo, atrás apenas da China, Indonesia e Egito.

AgroTATIL

A AgroTATIL é uma empresa de base tecnológica criada em 2017 após o Hackathon Smart Agro da Sociedade Rural do Paraná, focada na pesquisa e desenvolvimento de soluções inovadoras para o agronegócio.

Além de estar incubada na Intuel, a startup também participa do programa de aceleração SRP Go Agritech.

A principal solução da startup é a TATILFish: plataforma automatizada para monitoramento e controle de equipamentos em viveiros de piscicultura.

A plataforma TATILFish é composta por uma estação flutuante automatizada e um sistema de controle de equipamentos totalmente conectados, permitindo ao produtor acesso aos dados em tempo real, possibilitando a tomada de decisões estratégicas no manejo. O controle de equipamentos essenciais, como aeradores e alimentadores, garante economia de recursos, aumentando a lucratividade.

Intuel

A Intuel, incubadora da qual a AgroTATIL faz parte, é um braço da Agência de Inovação da UEL e tem como objetivo oferecer suporte para o desenvolvimento de empresas com potencial tecnológico. Além de estrutura física, a incubadora oferece cursos em áreas específicas, como gestão, financeiro e mercado. Atualmente ela conta com 15 empresas incubadas. Dessas 15, sete são voltadas ao setor do agronegócio e compõem a Vertical Agro. Mais informações em: www.intuel.com.br. Repetindo: www.intuel.com.br.