Loading...
Demo Sul 2018

O som industrial e caótico da Mhorula

Mhorula

A banda londrinense Mhorula surgiu em 2008 e traz um som pesado e febril. As influências post-punk, industrial, EBM e digital hardcore transparecem no álbum “Armadura de Beleza”, lançado pela banda em 2016. Todo o peso da banda é carregado por Mau Werner (vocal e baixo), Giovanni Viecili (teclado), Dio Dias (bateria) e Pedro Potumati (guitarra) em todos os shows. O vocalista Mau Werner acumula uma experiência de mais de 15 anos no cenário underground, com seus vários projetos. Werner mostra as diversas faces do seu talento como músico.

Por Bruna Miyuki e Victor Assis, especial para o Demo Sul 2018 

O primeiro contato dele com o Festival Demo Sul se deu logo na primeira edição, na qual ele tocou como baterista da banda Os Picaretas. Ele também é vocalista e percussionista da Etnyah, banda em que Giovani Viecili o acompanha nos gritos, sopros e teclados. Agora ambos retornam com a Mhorula, trazendo para o palco das prévias do Demo Sul o que Werner define como “Um prognóstico caótico da nossa existência”. A Mhorula vai tocar no próximo domingo de prévias (04/11), a partir das 16h, no Bar.bearia (Rua Quintino Bocaiúva, 875).

Mhorula
Mau Werner – Vocal e baixo
Giovanni Viecili – Teclado
Dio Dias – Bateria
Pedro Potumati – Guitarra

Para conferir o som da banda, é só acessar:

https://soundcloud.com/mhorula

https://www.facebook.com/Mhorulamusic