Loading...
Azylo Hotel

O Rock Psicodélico do Jefferson Airplane

Bons anos 60 o boom social foi a revolução da geração power flower. O rock lisérgico estava nascendo com bandas que levantaram a bandeira do Rock Psicodélico, e uma das bandas foi o Jefferson Airplane.

Nasceram por volta de 1965 em San Francisco, na Califórnia a terra do LSD, com um álbum que trazia características de cartuns na linha dos Mothers of Invention, desenhos de histórias em quadrinhos com movimentos dentro de sua órbita.

O primeiro álbum After Bathing at Baxters veio com a vocalista Signe Toly Anderson que ficou só neste álbum. Martin Balin vocalista e líder mentor da banda logo conheceu Grace Slick, e se apaixonou pela pessoa linda e talentosa, com porte de front woman, líder vocalista com sua voz de barítono e ainda escrevia as letras que transformaram a banda em uma das líderes do movimento.

Paul Kantner na guitarra base e Jorma Kaukonen na guitarra solo, trazendo de as de mangá o senhor Jack Casady, na bateria Spencer Dryden. Logo em seguida no ano de 1966 lançaram o álbum Takes Off já com Grace imperando nos vocais e com sua silhueta sexy e esbanjadora de performance atraente.

Neste período a banda ainda se fartava com o blues da dupla Jorma & Casady e com letras de profundidade social e linguagem de dúvidas, e conhecimentos da nova realidade.

Nesta época as bandas se encontravam em seus estilos e formavam seus grupos, Jerry Garcia da banda Grateful Dead foi namorado de Grace e se tornou líder espiritual da banda.

Jefferson se inspirou em bandas como The Byrds e Art Garfunkel. Os anos foram se passando e a cultura lisérgica foi sendo criada pela banda com o Kroma Ky uma parede verde colocada no fundo do palco onde as imagens lisérgicas eram exploradas.

Participaram de vários eventos e festivais como Monterey Pop em 1967, Woodstock em 1969 e não param mais. Hoje a banda usa o nome de Jefferson Starship e ficaram somente Gace Martin. Um som surrealista e necessária na formação do rock americano.