Loading...
Jornalismo Cultural

“O mundo está Insano!” Hamlet abre o FILO de 2017

Por Vitor Struck

Foto: Patrícia Selonk, em Hamlet. Divulgação Armazém Cia. de Teatro

 

Prestes a completar meio século de existência o mais antigo festival de teatro da América Latina vai ser realizado com um orçamento apertado: R$1,2 milhão. “Dinheiro de pinga”, como dizem por ai, se compararmos com o que foi desviado na operação Publicano ou com o salário de Neymar. Como bem lembrou Paulo de Moraes, “o mundo está insano”. Viva ao Filo!

Abertura com Hamlet

Uma história onde alguém assume o poder de forma ilegítima foi a escolhida para abrir a 49ª edição do Festival Internacional de Londrina, o FILO. Você, que deve estar pensando “mas poxa vida né” e não se programou, vai passar vontade de assistir à montagem de Hamlet, da Armazém Companhia de Teatro, já que os ingressos estão esgotados.

O diretor Paulo de Moraes já está na terrinha natal da Armazém, Londrina, e nós conversamos com ele.

Provavelmente você já ouviu falar que Fernanda Montenegro vai se apresentar pela primeira vez por aqui com um texto de Nelson Rodrigues, certo? Mas não é somente a presença da musa do teatro brasileiro que faz da programação deste ano muito interessante. Um dos destaques internacionais é “Black Off”, da Companhia Empowerment Productions (18 e 19 de agosto – 19h). A companhia, sediada em Berna, na Suíça, vai levar música ao palco do Teatro Mãe de Deus para debater questões como o racismo. Confira outras dicas do Luiz Bertipáglia, diretor do festival.

Teatro Ouro Verde sem funcionários

Entre os dias 11 e 27 de agosto a falta de funcionários no Cine Teatro Ouro Verde deve dar um pouquinho mais de trabalho aos integrantes de equipe. Ao menos 14 apresentações foram programadas para o teatro, reinaugurado há dois meses e fechado após o Festival de Música de Londrina. São necessários 19, mas a diretora da Casa de Cultura da UEL, Cleusa Cacione, só conta com quatro efetivos.