Loading...
Ziriguidum

O grande nome do Samba é João Nogueira

João Nogueira

No programa Ziriguidum de hoje vamos conhecer um pouco sobre a vida e a trajetória de um dos grandes nomes do samba. Um cara que nos deixou composições que atravessam gerações e sempre está presente na mente de todo sambista. Esse programa é dedicado apresentar a vida e os sucessos de João Nogueira.

Cantor, compositor brasileiro e pai do também cantor e compositor Diogo Nogueira. João Nogueira nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1941. Desde o início de sua carreira ficou conhecido pelo suingue característico de seus sambas. João Nogueira desde pequeno já teve contato com a música por influência de seu pai e sua irmã.. Logo, aprendeu a tocar violão e a compor em parceria com a irmã.

João começou a compor aos 15 anos, fazendo sambas para o bloco carnavalesco Labareda, do Méier.

Em 1979, João fundou o Clube do Samba, com Alcione, Martinho da Vila e Beth Carvalho, entidade à qual dedicou o título de seu disco daquele ano, que trouxe novos sucessos, como Súplica e Canto do Trabalhador (com P. C. Pinheiro). O clube, que no início funcionava em sua casa e que mais tarde lançou um bloco carnavalesco para desfilar na Avenida Rio Branco arrastando foliões saudosos dos velhos carnavais, funcionou em vários endereços, inclusive na Barra da Tijuca. Pelo seu palco passaram os grandes nomes do samba e compositores das escolas cariocas. Uma das músicas mais cantadas de João foi Poder da Criação.

Ele participou também do disco Esquina do Samba, gravado ao vivo em 2000 no botequim Pirajá, em São Paulo, com Ivone Lara, Walter Alfaiate, Beth Carvalho, Moacyr Luz, Luiz Carlos da Vila e outros. No mesmo ano participou de um disco da Velha Guarda da Portela. Em 2009 foi lançado um DVD da participação de João Nogueira no programa Ensaio, da TV Cultura de São Paulo.

João Nogueira nos deixou na madrugada do dia 5 de junho de 2000, aos 58 anos, vítima de um infarto fulminante, em sua casa no Recreio dos Bandeirantes. Com sua morte, vários colegas se juntaram para apresentar um espetáculo em sua homenagem. Participaram Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Arlindo Cruz e Sombrinha, Emílio Santiago, Carlinhos Vergueiro e a família de João: o sobrinho Didu, o filho Diogo e a irmã e parceira Gisa. O show foi gravado para o disco João Nogueira, Através do Espelho.