Carregando...
Jornalismo CulturalPalco AlmA

Palco Alma – Entrevista com a cantora Raissa Fayet

Palco Alma Londrina - Não me vejo sendo uma artista, se não for para falar da nossa existência, conta Raissa Fayet

Com um trabalho bastante plural, e que agrupa  referências e sonoridades de diversos ritmos (de dentro e fora do Brasil) a cantora, compositora e atriz, Raissa Fayet se apresenta no próximo sábado (19), na Vila Cultural Alma Londrina, durante a 3ª temporada do Palco Alma Londrina 2019. As bandas Caburé Canela e Maracatu Semente de Angola também tocam no dia.

Por Bruno Leonel (Foto – Marcinha kohatsu)

Utilizando a influência de vários grupos e cantoras, e ainda vertentes como a música cigana, e até africana (ouça a seguir) o trabalho de Fayet apresenta um verdadeiro mosaico sonoro, notório pelo experimentalismo e que foge de rotulações simples. Aproveitando a passagem por Londrina, Raissa conversou com a Alma Londrina Rádio Web, onde falou um pouco sobre suas preocupações, sobre a atual fase da carreira e sobre como o atual momento político do Brasil reverberou na fase mais recente do seu trabalho. “Pode ser chamado de político, mas para mim é mais existencial”, conta a cantora em uma conversa bastante franca. Ouça:

As letras de Raissa Fayet falam sobre espiritualidade, fé, conexão com a natureza, cura, amor e também política. No início de 2019, Raíssa entrou em estúdio para gravar seu novo trabalho, uma trilogia produzida por Guilherme Kastrup (produtor dos discos “Deus é Mulher” e “A Mulher do Fim do Mundo”, que ganhou o Grammy Latino na categoria de melhor álbum de música popular brasileira em 2016, ambos de Elza Soares). O EP “Zoiúda” será lançado no segundo semestre deste ano e conta com participações de Russo Passapusso e alguns integrantes do Bixiga 70, além de grandes músicos como Du Gomide (sitar, guitarra, rabeca, violae vozes), François Muleka (baixo e vozes), Maurício Fleury (guitarra e teclado) e Guilherme Kastrup (percussão e bateria).


SOBRE O PALCO ALMA LONDRINA

O Palco AlmA Londrina surgiu em 2014 e em 2019 chega a sua 5ª edição. As edições anteriores aconteceram nos anos de 2014, 2016, 2017 e 2018 totalizando 31 apresentações artísticas em 11 eventos diferentes nas quatro edições. 

Desde a criação, já passaram pelo Palco AlmA Londrina 18 bandas locais e 13 artistas de outras cidades e estados, como os pernambucanos da banda Mundo Livre S/A, que tocaram no Centro Cultural SESI/AML no dia 10 de dezembro de 2016.