Loading...
MeiaEntradaCast

Mulher-Maravilha representa as heroínas

No Meia Entrada Cast dessa semana, Renan Fileto, Lucas Severo e Fernanda Carpegiani juntaram todas as suas forças para falar do filme mais comentado do momento: Mulher-Maravilha! Independente de ser considerado um bom filme ou não, é inegável sua importância para o mundo do cinema, para a cultura pop e, porque não?, para a sociedade deste século XXI.

É fato que, anteriormente, tivemos personagens femininas fortes sendo retratadas no cinema, porém nunca com esse alcance. O universo cinematográfico de super-heróis – que possui décadas, mas que ganhou novo fôlego com “Ironman”, da Marvel, em 2008 – vem se tornando o subgênero do cinema que mais atrai pessoas e que mais gera discussão nas redes sociais.

Por conta disso, Mulher-Maravilha veio à luz com a enorme responsabilidade de representar dignamente as mulheres, além de provar que protagonistas femininas podem, sim, dar o devido retorno àqueles que investem no mundo da sétima arte. Gal Gadot, que interpretou a princesa amazona Diana Prince, é dona de uma carreira recente no cinema e recebeu o convite para protagonizar o filme da Warner devido à sua postura como modelo, além de um vasto conhecimento em artes marciais, resultado de seu histórico no exército de Israel, seu país natal.

Venha para o cast e se prepare para saber: 1) quais são as mulheres fortes do cinema, 2) qual caster gostou e qual não curtiu Mulher-Maravilha, 3) e qual a importância do filme de Patty Jenkins.

Ah, e não esqueçam de mandar críticas, sugestões ou até mesmo sua “matadora de deuses” através do e-mail: [email protected]meiaentradacast.com.br

Não se esqueça também de curtir nossa fanpage no Facebook e receber notificações de nossas atividades antes de todo mundo: facebook.com/MeiaEntradaCast

E sigam-nos os bons!

Twitter do Renan: @renanfileto
Twitter do Lucas: @aralvaral

Projeto da Fernanda: www.formiga.me

Link para a oferta especial (ouça o cast e entenda  ): http://compre.vc/v2/168b138c03b

Reportagens comentadas no programa:

A Mulher-Maravilha e o Amor Romântico – http://revistadonna.clicrbs.com.br/coluna/clara-averbuck-mulher-maravilha-e-o-amor-romantico/

Com quantas heroínas se faz cinema? – http://super.abril.com.br/cultura/com-quantas-heroinas-se-faz-o-cinema/

Pesquisa da UFG sobre representação feminina – http://www.dm.com.br/cultura/2017/06/pesquisa-da-ufg-analisa-representacao-feminina-nas-historias-da-mulher-maravilha.html