Loading...
Azylo Hotel

Lou Reed o veludo subterrâneo

Lou Reed nasceu no Brooklyn, Nova York, classe média alta, considerado um dos melhores guitarristas do planeta conseguindo a marca de 81º no rank americano.

Lou Reed foi o autor da criação da banda Velvet Underground, um grito no beco do punk americano e mais tarde influenciando os pós punk inglês. Mesmo assim o Velvet foi um fracasso de bilheteria e vendas, mesmo tendo Nico como presença marcante no palco e John Cale como parceiro em suas poéticas e mortais letras, com o Velvet ele gravou 12 álbuns, fazendo com que Brian Eno, tivesse esta criativa frase: “das 30 mil cópias vendias desta banda, todos que adquiriram uma cópia criou uma banda”. Lou Reed influenciou grandes personalidades e grupos como New York Dolls, David Bowie e Iggy Pop.

Em 1971 ele abandona o Velvet e sai em carreira solo. Sua primeira gravação de Walk on the Wilde Side já bateu sucesso de primeira. Lou Reed sempre se afirmou um grande músico. Seu Song for Drella o mais recente com John Cale é marcado para permanecer como representante do século XX. Lou fez uma parceria com o Metallica exultando em um álbum contendo 10 canções não muito bem recebido pelo público do Metallica e do Lou, a banda exercita seus solos com Lou declamando suas poesias.

O feedback não resultou apreciação. Nesta programação do Azylo Hotel para a web Alma traz o álbum ao vivo e bem político com Lou dialogando com a platéia e versões sinistras de seus sucessos com um clima de subterrâneo, título do Album Take no Prisoners de 1978.

Lou viveu seus últimos dias ao lado de Laurie Anderson grande musicista minimalista.