Loading...
La Fúria

La Fúria contra o Fascismo

Todo discurso de ódio, homofobia, machismo, xenofobia e violência vai contra o bem-estar humano e as pessoas que dizem ser do bem. Quando uma pessoa que tem uma certa influência popular se importa desse discurso ela esta, dando aval ao lado sombrio que algumas pessoas têm. O conceito sobre o Fascismo é bem claro e bem idêntico ao quadro nacional, alguns apontamentos sobre o Fascismo: é uma ideologia política ultranacionalista e autoritária. Caracterizada por poder ditatorial, repressão da oposição por via da força e forte arregimentação da sociedade e da economia, que ganhou destaque na Europa no início do século XX.

Os primeiros movimentos fascistas surgiram na Itália durante a primeira guerra mundial, tendo-se posteriormente expandido para outros países europeus. Contrário ao liberalismo, ao marxismo e ao anarquismo, o fascismo posiciona-se na extrema direita do espectro político tradicional.

Embora os partidos e movimentos fascistas apresentem divergências significativas entre si, é possível apontar várias características em comum, entre as quais nacionalismo extremo, desprezo pela democracia eleitoral e pela liberdade política e econômica, crença numa hierarquia social natural e no domínio das elites e o desejo de criar uma comunidade do povo em que os interesses individuais sejam subordinados aos interesses da nação. Acreditam que é necessária a mobilização da sociedade sob um estado de partido para preparar a nação para o conflito armado e responder de forma eficaz às dificuldades econômicas. Acreditam que tal estado deva ser comandado por um líder forte, como um ditador ou governo militarista constituído por membros do partido fascista, capaz de forjar a unidade nacional e manter a ordem e estabilidade sociais o fascismo rejeita a afirmação de que a violência é automaticamente negativa por natureza e acredita que a violência, guerra ou imperialismo são meios pelos quais se pode chegar ao rejuvenescimento da nação.

Os fascistas defendem uma economia mista com o principal objetivo de atingir a autossuficiência econômica do país por meio de políticas econômicas protecionistas e intervencionistas.

Esses apontamentos acima citados são idênticos ao que estamos passando em âmbito nacional nos últimos meses, um jeito mais fácil de visualizar os últimos acontecimentos é assistindo um filme chamado “A Onda”.

Não devemos abrir mão da nossa liberdade, da democracia!

Se fere nossa existência, seremos a Resistência!