Loading...
Jornalismo Cultural

História dos porquês – Entrevista com o coletivo ‘Culturas em Movimento’

Durante a última semana, o coletivo ‘Culturas em Movimento‘ (de SP) se apresentou em Londrina, como parte da programação do 7º ECOH (Encontro de Contadores de Histórias).

Por Bruno Leonel e Giovanni Tagliari

A contação intitulada ‘Sobre os Porquês’  foi apresentada por Dinah Feldman e Lucas Coimbra no Sesi/AML. A dupla, que desde 2016 realiza a apresentação da ‘História dos porquês’, encontrou uma plateia bastante variada, com famílias inteiras, muitas crianças e também pessoas de idade mais avançada. Enquanto Dinah relata as histórias com palavras, Lucas cria trilhas e fundos musicais através de um acordeon.

Segundo Dinah Feldman, a ideia da contação surgiu observando a relação de pais e filhos, Dinah, que também é mãe, notou como muitas vezes a contação ajuda na didática e explicação de fenômenos da natureza e outras coisas do planeta à crianças pequenas (veja a seguir).

História dos porquês
Formado em 2005 o grupo desenvolve projetos na área de criação, produção, pesquisa e circulação em teatro e arte narrativa – Foto: Valéria Felix/ECOH

A contação traz algumas reflexões sobre os “por quês” de um tempo perene. A reflexão e descoberta do mundo pelas crianças que perguntam “por quê” para questões que nem sempre podem ser respondidas. Mas houve uma época em que as pessoas criavam sentidos para o que não tinha “saber”…  (confira entrevista).

Durante a conversa, Dinah contou um pouco sobre algumas das influências e também sobre a experiência em um evento de contação de histórias em Burkina Fasso (África) durante os anos de 2010/2011. Segundo ela, a relação de concentração e a percepção no contar histórias foram detalhes do público que chamaram sua atenção durante a experiência.

Lucas Coimbra contou também sobre suas influências e inspirações no trabalho dentro da ‘História dos Porquês’.


INFORMAÇÕES
A agenda completa do 7º ECOH está disponível na fanpage do evento e também no site oficial, pelo link https://goo.gl/9WXo93. Os ingressos serão distribuídos a partir de uma hora antes de cada apresentação.
O 7º ECOH conta com apoio do SESI, da CLAC, Ciranda, MARL, Gráfica Oyama, Casa da Vila, Vila Triolé Cultural e Usina Cultural.