Carregando...
É Babado, Kyrida

Estamos de volta, bebê!

Estamos de volta, bebê!

O décimo primeiro programa do “É Babado, Kyrida” está delicioso e imperdível! Mel, Lina e Regis relatam suas experiências na estrada! Em Belo Horizonte no II Simpósio Internacional de Narrativas de Gênero e Política, que aconteceu na UniBH, onde apresentaram o trabalho bafônico “É Babado, Kyrida! A construção coletiva, democrática e comunitária, de uma trans revista eletrônica para web rádio”.  O trabalho também foi apresentado em São Paulo, na Reunião Nacional dos Observatórios de Pesquisa e Educação e em Saúde, que ocorreu na Faculdade de Saúde Pública. Houve também a participação no especial de Natal do Cultura Livre junto das cantoras com Liniker, Xênia França e Letrux. Estamos de volta, bebê!

O “Almanaca” traz a participação de Juareza Barbosa, estudante de Ciências Sociais da UEL, que divide com a gente um pouco sobre suas experiências, processos de descoberta e a lutas diárias desde que se mudou para Londrina.

O “Minuto Trans” traz o relato de Arthur Fiorim que nos conta sobre suas vivências após descoberta como pessoa trans, principalmente em relação ao trabalho e sua família.

O “Aquenda” conta com a participação de Cristiane Nunes, que está em processo de transição e aceitação como mulher trans. Em entrevista para Mel, ela relata um pouco sobre as dificuldades em relação as oportunidades de trabalho para pessoas trans, além também da questão racial.

Para nossa trilha, contamos com “Negra Tinta” da cantora Bia Ferreira com participação da Caru Bonifácio e “Respeitem meus cabelos, bracos” de Xênia França, em letras que remetem reflexões as dificuldades de existência da mulher negra na nossa sociedade!