Loading...
Jornalismo Cultural

Entrevista – Punk das baladas sangrentas, Wander Wildner toca hoje em Londrina

Wander Wildner

O músico e compositor gaúcho Wander Wildner toca nesta sexta (06) no Cheers Pub em Londrina. Figura emblemática do rock nacional já há pelo menos 30 anos, Wildner é considerado expoente da música alternativa brasileira desde a virada dos anos 80 e 90, quase que um sobrevivente de uma geração marcada pela inovação e pela ousadia na forma de trabalhar.

Por Bruno Leonel (Foto de FERNANDA CHEMALE)

“O termo ‘punk brega’ eu usei na época do release do primeiro disco, Baladas Sangrentas (1997), e que reunia essas características, a coisa punk e as músicas românticas que eu ouvia no rádio…. Isso foi uma primeira fase, houveram outras fases mas ainda canto muitas músicas dessa época”, contou o músico em entrevista (veja a seguir). Notório pela produção, o músico atualmente divulga seu 12º disco solo, de gritar me Cansei Rouco e Ao Pensar no Mundo eu me Vi Louco (ouça a baixo), onde o músico regravou faixas de vários parceiros. Confira a entrevista:

Em um momento mais despojado do papo, o músico falou sobre como será o show em Londrina, e ainda o atual momento da carreira. Wildner falou também sobre a ‘passagem do tempo’ e em como é encarar a situação de perder companheiros de estrada que começaram na mesma época (como o músico gaúcho Júpiter Maçã, falecido em 2017). Confira a conversa:

Em Londrina, o músico se apresenta ao lado das parceiras Pitchu Ferraz (bateria) e Georgia Branco (baixo) em um show que promete tanto revisitar faixas recentes e canções clássicas do repertório do artista, além de músicas de sua antiga banda, Os Replicantes.


Informações
Wander Wildner em Londrina
Quando: Sexta-feira (06) no Cheers Pub em Londrina
Entrada: R$20