Loading...
Jornalismo Cultural

Documentarista Eliza Capai dá oficina na AlmA Londrina

Jornalista, documentarista e midiativista atuante em movimentos sociais feministas, migratórios e ambientais. Aos 37 anos, Eliza Capai já produziu séries para revistas e televisão, dirigiu dois longas-metragens para o cinema e diversos trabalhos jornalísticos independentes em países latinos, Europa e na África. Estas experiências ela trará para os participantes do segundo encontro do Ciclo 2017 de Oficinas da AlmA Londrina Rádio Web, entre os dias 22 e 24 de junho.

Segunda oficina gratuita do Ciclo 2017 conta com parceria do SESI AML, que exibirá documentário sobre ocupações culturais no Rio e em São Paulo

Por Emerson Dias e Lucas Pullin

 

Como a convidada tem produções cinematográficas, a AlmA Londrina fechou parceria com o SESI-AML, para exibir a produção de Eliza Capai deste ano: o documentário “#Resistência”. Gravado durante as ocupações culturais entre abril e agosto 2016 (período que vai do afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff e até a nomeação do atual presidente Michel Temer), o documentário mostra as tensões, ações e repressões ocorridas em espaços públicos como a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), a Fundação Nacional de Artes (Funarte-SP) e o prédio do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro, além de manifestações de rua contra os retrocessos em projetos culturais e educacionais no Brasil.

Outro documentário a ser apresentado durante os três dias de oficina será “O Jabuti e a Anta” (2016), que trata das complicações geradas à pequenas comunidades ribeirinhas e indígenas a partir da construção de hidrelétricas na região amazônica. O longa tem a coprodução do Greenpeace. Além de ministrar oficina na Vila Cultural AlmA Brasil, Eliza Capai quer conhecer os ativistas locais. “Quero conversar e também gravar entrevistas com os universitários que ocuparam prédios da UEL e também com o pessoal do Marl”, disse Eliza, referindo-se aos integrantes do Movimento dos Artistas de Rua de Londrina, que ocuparam a antiga sede da União do Estudantes Secundaristas de Londrina (Ules) e atualmente promovem eventos culturais e formativos no prédio público que até então estava abandonado.

As oficinas formativas são gratuitas e se destinam a produtores de conteúdo, estudantes e demais interessados em ingressar no universo da comunicação independente. O primeiro encontro, realizado em maio, tratou das oportunidades para abordagens regionais, com características de comunicação popular e comunitária nas redes online.

A programação da oficina com a documentarista foi dividida em três períodos: na quinta-feira, das 19h às 22h, será apresentado o documentário “#Resistência” no auditório do SESI-AML, seguido de um bate-papo com os presentes. Na sexta, ela tem um encontro com o pessoal do MARL. No sábado, a partir das 9h, será a última etapa da oficina “Midiativismo e Movimentos Sociais a partir das Experiências de Eliza Capai”, na Vila Cultural AlmA Brasil.

O Ciclo de Oficinas 2017 da Rádio AlmA Londrina, coordenado pelos jornalistas Emerson Dias e Lucas Pullin, prevê duas fases para este ano: neste primeiro ciclo de oficinas, serão quatro encontros para debater gestão de conteúdo digital, midiativismo para terceiro setor, estética sonora e radioativismo. Já no segundo semestre, as atividades formativas serão desenvolvidas por integrantes da emissora com estudantes de escolas públicas. A programação é custeada por recursos do Prêmio Ponto de Mídia Livre, concedido pelo Ministério da Cultura. As atividades da Alma Londrina Rádio Web podem ser acompanhadas pelo site www.almalondrina.com.br.

SERVIÇO

Oficinas AlmA Londrina (Inscrições Gratuitas): Midiativismo e Movimentos Sociais a partir das Experiências de Eliza Capai

22/06, das 19h30 às 22h: exibição do doc. “#Resistência”, seguido de bate-papo no auditório do SESI-AML (em frente à Concha Acústica).

23/6, das 14h às 18h: Visita e troca de experiências com os ativistas do MARL (Av. Duque de Caxias, 3241)

24/6: a partir das 9h: apresentação de experiências na produção audiovisual independente na sede da Vila Cultural AlmA Brasil: R. Argentina, 693

Informações: [email protected] e no site www.almalondrina.com.br