Loading...
Azylo Hotel

Diamond Dogs de David Bowie sem estar Under Pressure

Seria real se não fosse tanta purpurina, teria cabimento se não fosse tão lisérgico, seria muito Under Pressure se não fosse Freddie Mercury.

Bowie quando chegou de sua turnê pelo Japão, onde acabou de adquirir sua mais nova coleção de make-up vai direito aos camarins do teatro, onde iria complementar sua turnê, e já foi experimentando sua pintura de palco, antes mesmo de ir para casa e abraçar sua mulher lindíssima a Angie inspiradora de uma canção magnífica do Mick Jagger.

Este é David Bowie um workaholic em sua arte mais fina e densa, o seu rock n’ roll foi um dos protagonistas em transformar rock n’ roll em no atual rock n’roll. Uma nova geração de mutantes no planeta Terra.

Onde você sabe que não estamos sozinhos. Esta programação é em homenagem a um de seus incontáveis álbuns solos, Diamond Dogs de 1974, comemorando mais de 40 anos de lançamento com uma edição extra de luxe.

Bowie carregado de legendas do futuro já que ele é um dos astronautas perdidos girando em torno do planeta Major Thomas diga alguma coisa, e o major com seu rebelde rock n’roll diz que as coisas estão doces é só pegar em duas versões nas paredes do metrô de New York City.

Vamos explorar alguns dos seus mais extensivos e pesados álbuns como a música que ele fez com Freddy Mercury e que deu num duelo para decidir quem cantaria a primeira versão de Under Pressure.

Vamos passear pelos álbuns Stage, Low, The Motion Picture de 83, Let’s Dance e Heroes. Bowie sempre se considerou um exemplo raro de mutante que sobreviveria no século XXI quando a raposa perde para o robô virtual.

Encerrando com Mothers of Invention deseja a todos felicidade, juntinhos que é a melhor forma de se viver e morrer, sendo que muitos irão morrer sem ter sentido este gostinho, por culpa do egoísmo silencioso. Sejam Felizes apesar de tudo.