Loading...
Azylo Hotel

Dia do Rock em Londrina

O Rock voltou! Essa seria a última novidade no front?

Se ele não tivesse nascido lá pelos nos anos de 50 com grande malícia e impulsionado pelas rádios da época e fazendo grande sucesso nos programas de música, e dentro de salões de festa próprios para bailar esse não seria o nosso famoso rock and Roll.

Nada seria tão simples e impactante se não fosse uma banda inglesa a deturpar o estilo chamando de Rock n’ Roll, e aí tudo gira, tudo vira, tudo se transforma em um tremendo rock de arena com 150 mil pessoas pronta para atender o chamado do seu herói e sua banda.

É isso que vamos ouvir nesta programação especial para O Dia Mundial do Rock 2018, será a 6ª edição irá acontecer dentro da área de maior energia musical de Londrina a Concha Acústica.

Nesta programação iremos ouvir o Zappa informar que Elvis acabou de deixar o edifício, olha lá virando a esquina, ou o canto de capela dos músicos do Grand Funk Railroad  com produção exclusiva de Frank Zappa

Em seguida entramos no lançamento de 2018 de Joe Perry, sim isto mesmo, o guitarrista superbad do grupo AeroSmith que tem como vocalistas, senhor Steve Tyler os lábios de borracha do rock,

Faremos uma inserção em três músicas escolhidas a dedo do álbum intitulado: Sweetzerland Manifesto, com um nome bizarro como este, e que levou 3 anos para ser lançado.

Dentre as escolhidas tem esta releitura de um grande hit dos anos de 68 Eve Of Destruction de escrita por P.F.Sloan e gravada por uma cambada de músicos. Mas o sucesso chegou com Barry McGuire em julho de 1965 uma música de protesto que ganhou as paradas de sucesso da época. Joe fez uma repaginada e mandou neste Manifesto deste ano.

No meio desta programação apresentamos a banda que foi o maior sucesso dos anos70 uma tremenda de uma banda que tinha um gaitista, um pianista, a guitarrista líder da banda mister Jeronimo Geils, um batera e um vocalista foguete no palco Peter Wolf, e carismático até o osso. Aqui veremos sua interpretação em um discurso de chamar atenção dela para sua presença do lado de fora da janela.

Por fim trazemos um álbum ao vivo duplo ao vivo do Grand Funk Railroad chamado de Black Álbum, estonteante e pulsativo levando ao clímax rapidinho e com grandes extensões de solos trincados e chapados.

Muito bom a sessão rítmica e a violência que o batera ataca essa humilde peça instrumental ouçam com atenção e sintam a marcação desta fera em dimensão possante e solida das pancadas, isso é a programa dessa semana. Sejam felizes e a gente se vê por aí.