Loading...
Audioteca

As Bahias e a Cozinha Mineira – Bixa

Bixa

Após o sucesso do disco “Mulher”, e da turnê do show “Etc & Tal” que circulou por todo Brasil em 2016 e primeiro semestre de 2017, a banda As Bahias e a Cozinha Mineira lançou hoje, dia 01 set, seu tão aguardo segundo álbum “Bixa”

Com produção musical de Daniel Ganjaman e Marcelo Cabral o álbum já está disponível em todas as plataformas digitais

O nome do álbum é um substantivo simples e feminino. Bixa é uma extensão de Mulher e um Movimento que vem dela, a discussão de gênero mais uma vez permeia a obra. A designação de gênero no feminino do termo Bixa (e não Bicho), tem a intenção de dignificar o feminino como gênero universal de modo a questionar o status quo, o qual tem em todas as suas representações estruturais o masculino como paradigma de gênero. Polissêmica, Bixa é natureza, é humanidade, é purpurina, é transgeneridade. A liberdade comportamental e a revolução dos costumes é aclamada. Pós eclosão do feminismo as políticas de doutrinação corpórea são questionadas. O lugar social do gênero sexual não é mais determinado pela biologia e sim pela identidade.

Apesar de sugerir uma continuação do primeiro álbum que termina com a música “Reticencias”, Bixa trafega por outras vias sonoras, mais contemporâneas e voltadas para o futuro, apesar de não abandonar o passado musical brasileiro. Brasilidades e estrangeirismos sonoros da musica POP, numa busca por arranjos que fazem com que a formação da banda (guitarra, baixo elétrico, bateria e percussão) dialogue com a linguagem do som eletrônico e da eletro-acústica.

Como influências, dois discos se apresentam como fundamentais para Bixa: os álbuns Bicho (1977) de Caetano Veloso, e Recanto (2011) de Gal Costa; o primeiro como fundamento estético-conceitual, o segundo como fundamento estético-sonoro. Além dessas influências basilares, outros álbuns elencam as inspirações da banda como Gal (1969) de Gal Costa, Terra dos Pássaros (1980) de Toninho Horta, Bad (1987) de Michael Jackson, #1 (2015) de Jaloo, Ava Patrya Yndia Yracema (2015) de Ava Rocha, But You Cant Use My Phone (2015) de Eryka Badu, Frank (2003) de Amy Winehouse.

A banda entra em turnê com o novo Show em Outubro de 2017 e promete superar o sucesso do show “Etc & Tal” apresentado durante a turnê do álbum “Mulher”, eleito pelo público um dos três melhores espetáculos de 2016 e indicado ao Prêmio Bravo do mesmo ano.

A Bixa vai pegar!!!

Ouça BIXA

BIXA, no Jornal O Estado de São Paulo

BIXA no Jornal O Povo, Fortaleza

BIXA no Vírgula, UOL

Shows de Lançamento:

06/10 :: MIMO Festival, Paraty – RJ

14/10 :: Circo Voador, Rio de Janeiro – RJ

20/10 :: Audio Club, São Paulo – SP

Agenciamento em parceria com benzaDeus Produtora

Confira mais discos legais na nossa Audioteca.