Loading...
Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Programação completa do Samanah 2018

9 de junho às 14:00 - 10 de junho às 04:00

R$15 - R$20
Samanah 2018

O que começou na década de 1990, como uma reunião de estudantes para integrar diferentes cursos da UEL acabou se tornando um evento regular, com a participação de bandas independentes e de diferentes estilos. Confira a programação completa do Samanah 2018 e a descrição das atrações musicais.

14h – Oficina de Percussão (Mau Werner)
Abrindo os trabalhos festivos na festa Samanah o percussionista Mau Werner propõe a primeira atividade do evento. Percussão para a família, um espaço de vivência lúdica explorando possibilidades musicais com o corpo e material reciclado. Formado em psicologia pela UEL o músico registra que os anos de convivência com os amigos do Samanah foram fundamentais para que ele pudesse seguir uma carreira musical fundamentada na percussão.

O objetivo da oficina é demonstrar a percussão como facilitadora do processo de socialização. Os ritmos serão propostos trazendo as experiências dos participantes, mãe, pai, avós, tio e filhos poderão se expressar através da música coletiva. Por isso é importante que a oficina já se inicie antes mesmo de começar na confecção prévia do seu instrumento. É neste momento que se inicia a relação com a música e a troca de experiências, onde pais e filhos poderão desfrutar de uma convivência criativa através da produção do seu próprio instrumento.

16h – Marquinhos Diet
Marquinhos Diet toca música autoral e covers de Lou Reed e Raul Seixas. “Efeito Pretérito” (94), “Habitantes do Planeta” (99), “Lagartas” (2002) são os 3 primeiros discos. Depois disso vieram o single “Desencanado” (2011), o EP “As Chaves” (2014) e os singles “Religare” (2016) e o lançamento “Linda Menina” (2018). Marquinhos Diet abre as apresentações do Samanah com voz e violão, acompanhado do seu baterista e percussionista Ygor Requena.

17h30 – TransaFônica Samanah
Surgiu na irmandade cósmica Samanah. O grupo TransaFônica Samanah não faz música, faz ruídos “urbanóides”, cânticos “samanazísticos” com verbos xamânicos e notas harmonizadamente saborosas. A última aparição pública e registrada foi no Festival Psicodália 2007. Após 11 anos de maturação em madeiras nobres, oriundas de replantio e certificadas com o selo Saci de qualidade, o grupo, prepara o ritual musical Samanah, chacoalhando frutas e bebidas ao som do iêiêiê… ê Samanah!

19h – Aduba
Aduba foi formado em meados de 2007 por seis integrantes amantes da música instrumental. O grupo se reuniu com o objetivo de interpretar clássicos da música jamaicana em versões instrumentais. Para montar seu repertório, o Aduba teve como maior referência obras de mestres como “Ernest Ranglin”, “Monty Alexander” e “Rico Rodriguez”. Com o tempo, além de reggae/dub e do ska, o grupo inseriu outros ritmos no repertório como funk/jazz do “Mullatu Astake” e o afrobeat do “Fela Kuti”, enriquecendo seu leque musical.

Junto às apresentações da agenda, Aduba está gravando um novo “single” para divulgação do repertório autoral que está sendo criado. A banda é formada por Wesley Cesar (saxofone), Filipe Barthem (trompete), Tiago Menezes(baixo), Robson Ganeo (teclado), Guilherme Rossini (bateria), Luciano Assumpção (guitarra), Duda de Souza (percussão).

20h30 – Búfalos D’água
Em sua segunda década de estrada, continua sua trajetória marcada pela presença de um surf music marcante e genuinamente londrinense. Formado em 1997, a banda é dona de uma extensa discografia e já apresentou seu trabalho por diversas cidades brasileiras. O grupo é formado por Roger Ribeiro (guitarra solo), Marcelo Leite (baixo), Lucas Ricardo (bateria), Alberto Barros (guitarra base) e Fábio da Cunha (sax alto). The Ventures e Dick Dale são as principais influências, além de bandas como The Clash, Centurions, Shadows e Buzzcocks. A banda completou em 2017 vinte anos de estrada e nesses anos foram lançados cinco álbuns, sendo quatro deles com músicas próprias.

Em 2005, os Búfalos D’água participaram da Coletânea InstroLatin-o-Rama (Exóticos Sonidos Latinos), lançado pela Isotónic Records (Acapulco, México). O disco teve a participação de 20 bandas de países como Espanha, México, Chile, Argentina, Uruguai e Peru, e a banda de Londrina PR foi a única representantes do Brasil, com a música Green Valley and the moon. Além de músicas próprias o show da banda é marcado pelos clássicos da surf music como Miserlou, Batman, Dick Trace, Hawai 5-0, Tekila, fazendo um show animado e contagiante.

22h – Cooltiva
A Banda [email protected] é a junção de músicos que procura resgatar a história das bandas londrinenses que figuraram nos bares, nas cervejadas da UEL dos anos 80 e 90, RU, festas à Fantasia e nas festas de repúblicas da cidade. Em sua formação, músicos que viveram a época da efervescência musical de londrina como Carlos Eduardo Guariente (baterista da banda Beco), Osmani Junior (guitarrista da Banda Santo Graal),Rodrigo Montenegro (Baixista da Banda Set satélite), e Juninho Tofan (vocalista da Banda Elite Nativa).

Com um repertório político e insinuante, atitude musical, descontração, humor e virtuosismo dos músicos, a banda [email protected] pretende cultivar o bem, cultivar antigas amizades e mandar um Rock Roots. A mistura do antigo e do contemporâneo, do clássico e da vanguarda, do elaborado com o popular, do comportado, do divertido e do louco rock.

23h30 – Rock me Amadeus
A banda Rock me Amadeus vem dar ainda mais tempero ao líquido abençoado: o chope Amadeus. É a musica e a poesia desta bebida dos deuses! Faz a trilha sonora de cada gole e saboreia com o público, de verdade, a vontade de beber e cantar o brinde da verdadeira cerveja artesanal. Toca Rock, Pop e o que mais servir de tira gosto pra acompanhar este esquema inebriante. O grupo é formado por Dayane Delfino (vocal), Marco Tureta (guitarra), Alessandro Franco (baixo) e João Fortes (bateria).

1h – Etnyah
Etnyah é uma banda londrinense formada no final dos anos 1990, nas músicas groove e fusão, temperadas com raízes tribais, oriundas e inspiradas de cantigas e ciranda de roda até o trovão de alfaias e guitarras distorcidas. Sob influência das mais variadas vertentes e movimentos musicais, seja: grunge, rock brasileiro, clássico, heavy metal, tropicalismo, baião, coco, manguebeat, maracatu,futurística etc. O grupo harmoniza poesias questionadoras e subliminares, carregadas de positividade, embora em certos momentos soem irônicas, transmitem a complexidade da existência do ser. As músicas são pinturas, cenários de histórias, cenas de cinema e inspirações filosóficas, como literatura de cordel.

A banda é formada por Rodrigo Bays (Baixo), Mau Werner (Vocais e Percussão), Don Giovanni (Vocais,Guitarra e teclado), Luiz Paiva (Guitarra) e Jean Pera (Bateria).

2h30 – Caburé Canela
Nascida em Londrina, se reúne desde 2013 a fim de produzir uma música autoral e original. Esse propósito tem se consolidado na forma como o grupo recombina distintas influências presentes no território onde habita, junto às referências singulares de seus integrantes, dando corpo a um som transgressor das fronteiras do estilo. No dia 24 de fevereiro de 2018, a Caburé Canela lançou seu primeiro CD, intitulado Cabra Cega, no teatro do espaço cultural SESI de Londrina.

A elaboração musical da banda é atravessada por vários ritmos populares, como baião, samba, bossa nova, rock, blues, afro-beat, semba de angola e rumba. O grupo é formado por Carolina Sanches (voz), Lucas Oliveira (voz, guitarra e violino), Maria Carolina Thomé (percussão), Mariana Franco (contrabaixo), Paulo Moraes (bateria) e Pedro José (voz e guitarra).

21h – Baile do LP
O Baile do LP é uma festa para os amantes da música, da dança,das artes, da noite e dos encontros! Cultivando a cultura do long play (LP) ou disco de vinil e resgatando as origens e fundamentos do disc jockey (DJ) , o Baile do LP promove todo mês seu ritual de música dançante, arte local e celebração entre amigos, ou seja é Samanah!

Nesta edição especial participam: Gustavo Veiga, Abrakadan Sounds, Natália Mônaco, Carlos Fofaun Fortes e Fabio Indígena do Axé.

SERVIÇO
Samanah 2018
Data: 09/06/2018 (sábado)
Horário: 14h
Local: Xákara Eventos (Estrada do Limoeiro – Estrada dos Pampas, n 153)
Ingressos: A Toca (Rua Mato Grosso, 1435), Mi Casa (Rua Paraíba, 191) e Bar.bearia (Rua Quintino Bocaiúva, 875)
Valores: R$ 15 (antecipado) e R$ 20 (na hora do evento) *crianças até 12 anos não pagam

Detalhes

Início:
9 de junho às 14:00
Final:
10 de junho às 04:00
Preço:
R$15 - R$20
Evento Tags:
,

Local

Xákara Eventos
Estrada do Limoeiro – Estrada dos Pampas, n 153
Londrina, Londrina Brasil