Jornalismo Cultural

Wilson Inácio e o Manifesto do Stressionismo

Por Giovanni Porfírio

Londrinense apresentou seu projeto durante o Festival Literário de Londrina

O estresse do dia a dia pode inspirar produções artísticas? Esse é o questionamento que o artista visual Wilson Inácio vêm fazendo há alguns anos e que também é inspiração para seu trabalho, o Manifesto do Stressionismo. O neologismo, que vem da física, é utilizado para traduzir o grau de deformidade sofrido por um determinado material quando submetido a um esforço ou tensão. Segundo Wilson, o estresse ou o “mal do século” pode ser causado por vários fatores, como o uso constante da internet, por exemplo.

Ele conversou com a rádio Alma e explicou um pouco mais sobre a trabalho apresentado no Londrix. Ouça a matéria radiofônica!

Foto: Divulgação

, , ,