Jornalismo Cultural

Oficina com o diretor de fotografia Carlos Ebert

A Aliança Francesa do Norte do Paraná, em parceria com a produtora Kinopus, promove o curso Qualidade na Captação Cinematográfica Digital, com o Diretor de Fotografia Carlos Ebert, ABC, em Londrina, entre os dias 6 e 10 de junho. A Oficina conta com 18 horas de duração, tem vagas limitadas, e será realizada entre terça e sexta (das 18h30 às 21h30); e sábado, entre 9h e 12h e entre 14h e 17h, no estúdio da produtora NT Vídeo (Rua Raja Gabaglia, 374, Jardim Quebec). As inscrições custam R$ 400,00 e devem ser feitas na Aliança Francesa de Londrina (Rua Antonio Moraes de Barros, 44). Mais informações pelo telefone (43) 3324-7508.

Sobre o curso
O curso aborda Cinco tópicos da Captação Digital: Resolução Espacial; Latitude e Resolução Radiométrica; Resolução Espectral; Resolução Temporal; e Compressão e Codecs. Esses tópicos quando entendidos conceitualmente e postos em prática em exercícios de captação permitem ao cameraman um resultado ótimo em qualquer situação. Cada tópico aborda os seguintes itens:

1) Resolução Espacial: Acuidade visual, teste de Snellen, função de transferência de modulação (MTF), transformações da MTF nas várias etapas da captação da imagem da objetiva à exibição. MTF e a percepção/cognição visual humana. As  descobertas de Otto Shade e a teoria unificada de análise e especificação da imagem. Analisando objetivas e sensores. Número de pixels e espaçamento entre pixels na resolução espacial de um sensor. CCDs X CMOSs. Conselhos práticos para a preservação da MTF na imagem final.

2) Latitude e Resolução radiométrica: Nossa capacidade de perceber contrastes de luminância comparada à das câmeras. Conceito de curva de resposta à exposição. As três regiões da curva: altas médias e baixas luzes. Sistema binário de representação da informação. Rudimentos de aritmética binária. Bytes e bits. Profundidade de bit. A representação em 8 bits (256 níveis). Linear X logarítmico. Ajustando a latitude da câmera para cada uma das três regiões (altas, médias e baixas luzes).

3) Resolução espectral: O espectro da luz visível. Interações da luz com a matéria. O que é cor percebida? Sistema de cor aditivo (luz) e subtrativo (pigmento). O espaço de cor que percebemos X o espaço de cor captado pela câmera. Cores permitidas e cores ilegais. Representação da informação de cor nas câmeras digitais. Profundidade de bit e a captação e reprodução das cores. 3 sensores X 1 sensor com malha de Bayer. Formação da matriz de cor nas câmeras. Matrizes pré-setadas. Construindo uma matriz de cor. Alterações de saturação, temperatura de cor e hue nas câmeras.

4) Resolução Temporal: Como percebemos as imagens em movimento. Decomposição e recomposição do movimento em sequencias de imagens estáticas. Persistência retiniana, efeito Phi e fenômeno beta. Cadencias em vídeo. Alterações de cadência (camera rápida e camera lenta).

5) Compressão e Codecs: Volume de informação digital X processamento X armazenamento. O entrelaçamento como a primeira compressão temporal no vídeo. Informação RAW (4:4:4). Sub-amostragem de cor nos sistemas de vídeo digital (4:2:2, 4:2:0, 4:1:1 etc). A necessidade de compressão para viabilizar os formatos de captação em vídeo. Compressão com e sem perda de informação visual. Codecs baseados em DCT e em wavelets. Codecs intermediários para edição de video.

Qualidade na Captação Cinematográfica Digital, com Carlos Ebert
Quando – 6 a 10 de junho
Quanto – A inscrição tem o valor de R$400
Onde se inscrever – Aliança Francesa de Londrina (Rua Antonio Moraes de Barros, 44)
Onde será o curso – NT Vídeo (Rua Raja Gabaglia, 374, Jardim Quebec, em Londrina)
Mais informações pelo telefone (43) 3324-7508
Realização: Aliança Francesa do Norte do Paraná
Apoio: Kinopus
Apoio Cultural: NT Vídeo

,