Loading...
Jornalismo Cultural

Homenagem à Fernanda Jiran no Espaço de Cinema Aeroporto

A programação de junho no Espaço de Cinema Aeroporto foi elaborada em homenagem à saudosa professora e produtora cultural Fernanda Jiran. No sábado, dia 10 a sessão traz o filme “Baleias de Agosto”(1987), da diretora Lindsay Anderson e no dia 24, “O Que Terá Acontecido a Baby Jane”(1962), com direção de Robert Aldrich.

Falecida em agosto de 2016, ela inspirou a criação do Espaço de Cinema Aeroporto em 2010, tendo como exemplo as concorridas sessões de cinema e ópera na antiga sede da Associação Médica de Londrina, hoje Espaço Cultural do SESI. Fernanda acompanhou por cerca de três anos em praticamente todas as exibições, e cuja presença abrilhantou e enriqueceu os comentários sobre os filmes exibidos.

Foi professora de português no Colégio Vicente Rijo e de Teoria Literária no curso de Letras da UEL, além de produzir e apresentar três programas de música na Rádio UEL FM. Dotada de vasto conhecimento sobre música, literatura, cinema, dedicou a vida à inspirar ouvintes, leitores, cinéfilos, enfim, amantes das artes. Serão exibidos dois filmes com a participação de Beth Davis, sua atriz preferida, os quais serão comentados respectivamente pela professora Tamar Leal Martinelli e pela também professora e psicóloga Ludmila Kloczak, que foram amigas pessoais de Fernanda Jiran.

“Baleias de Agosto” (1987), de Lindsay Anderson | Sábado 10 | 15h

As velhas irmãs Libby (Bette Davis) e Sarah (Lillian Gish) vivem juntas numa casa ampla no rochoso litoral do Maine, onde costumavam passar o verão desde a infância, sempre de olho nas baleias que aparecem em agosto. Agora Libby está cega e Sarah precisa cuidar dela. Ambas vivem de recordações da família, dos maridos e dos amigos. O sr. Maranov (Vincent Price), um velho nobre russo fugido da Revolução de 1917, passa a visitá-las, mas é rechaçado asperamente por Libby, que teme que ele apenas queira se instalar na casa delas para aproveitar o pouco de dinheiro que ainda possuem.

“O Que Terá Acontecido a Baby Jane”(1962), de Robert Aldrich | Sábado 24 | 15h

Jane Hudson é uma artista que, quando criança, ficou famosa e conhecida como Baby Jane. Depois de um acidente, ela caiu no ostracismo e, já adulta, vive trancafiada na casa que divide com sua irmã Blanche. Destinada a voltar aos palcos, a atriz vai tentar retomar o personagem que a fez famosa – nem que para isso precise passar por cima de algumas pessoas bem próximas.

ENTRADA GRATUITA

Local: Aeroporto Gov. José Richa. Auditório Orlando Boni