Geração Z

Conheça a “percussão sucata” da banda Apanhador Só

Fundada em 2003, a banda é de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Tem como membros Alexandre Kumpinski, Felipe Zancanaro e Fernão Angra. Em 2006, a banda lançou o EP Embrulho Pra Levar. Com ele, foi ao Rio de Janeiro para abrir um show de Maria Rita. Seguiram-se apresentações em São Paulo, que renderam bons comentários e garantiram uma volta à capital paulista.

Nos anos seguintes, o grupo experimentou com formatos diferentes para o lançamento de suas músicas: Acústico-Sucateiro (2011) foi apresentado ao público em fita cassete.

Uma curiosidade da Apanhador Só é o fato de, além dos instrumentos convencionais (bateria, guitarra e baixo), nas músicas, é possível detectar outros elementos “musicais” inusitados. “Boa parte das músicas do disco tem o que a gente chama de ‘percussão sucata’. A Carina Levitan se encarregou delas quando veio de Londres, onde mora agora, para Porto Alegre”, conta o guitarrista.

Assim, ao longo do disco homônimo é possível encontrar sons de máquina registradora e projetor de filme, como na faixa “Um Rei e o Zé”; em “Pouco Importa”, Carina toca grelha de churrasco; em “Maria Augusta” tem pato de borracha, panela, chave de roda, sineta de recepção e apito, e entre outras.

,