Jornalismo Cultural

Campanha de financiamento colaborativo Okupa MARL

Por Giovanni Porfírio

A arrecadação tem o objetivo de viabilizar o espaço da antiga sede da ULES

Ouça no mobile
O movimento dos artistas de rua de Londrina ocupa há 2 meses a antiga sede da União Londrinense dos Estudantes Secundaristas, cujo prédio permaneceu abandonado por vários anos e hoje serve de espaço para atividades culturais, como o Ecoh – Encontro de Contadores de Histórias de Londrina e o evento de hip hop Batalha Quarta Féra.

Além disso, o espaço está sendo usado como o centro de produção do Festival A Maré, que ocorrerá em seis bairros da periferia da cidade. Um dos articuladores do movimento, Rogério Francisco, explica que os recursos arrecadados também serão destinados para outros fins. “Nesse momento, as ações que a gente está fazendo são pontuais para o encontro da RBTR (Rede Brasileira de Teatro de Rua), que vai acontecer Em Londrina novamente. Já aconteceu em 2014, vai acontecer agora em dezembro de novo. E nós estamos com uma parceria a vila Alma Brasil, e a gente conseguiu um termo de cessão temporário lá do prédio via um projeto da Vila Cultural. Então, nessa condição, esses recursos são para que a gente possa receber essas 100 pessoas do Brasil inteiro que vão vir para o encontro”, disse.

A meta de 20 mil reais ainda vai garantir que alguns detalhes técnicos sejam realizados, sobretudo para que haja a realização dos eventos, bem como condições mínimas para que o espaço funcione de mais forma humana e efetiva. O projeto de adequação do local é uma parceria do movimento com a UEL “Tem uma parceria com a OCAS, que é um projeto de extensão da UEL, do pessoal de arquitetura e engenharia, eles estão nos ajudando a entender as reais condições do prédio e vislumbrar as possibilidades de reestruturação”, disse. Segundo Rogério, o processo é algo ainda a longo prazo. “Isso não vai acontecer efetivamente agora, mas a gente já está entendo essas questões estruturais para a gente ter uma direção”.

A campanha de financiamento colaborativo está sendo feita através do site benfeitoria.com/okupamarl. Lá é possível encontrar algumas descrições sobre o movimento, bem como os valores e recompensas oferecidas. O projeto vai até o dia 25 de setembro.

Foto: Leonardo Neri

, , , , ,