Marginália

Boa noite, apaixonados. Agora é hora de ir. Adeus… adeus…

O Marginália dessa semana homenageia o compositor, cantor e guitarrista estadunidense Chuck Berry que morreu no dia 18 de março de 2017, aos 90 anos de idade.

Ouça o podcast:

O músico, na década de 60, teve uma de suas canções escolhidas por Carl Sagan para ser enviado na sonda Voyager. No interior da mesma, há uma inscrição, feita à mão: “Para os criadores de música. De todos os mundos, de todos os tempos”.

A escolha se deu concomitantemente ao aniversário de 60 anos do músico e rendeu a seguinte mensagem enviada pelo físico ao músico:

Caro Chuck Berry;

Quando dizem a você que sua música viverá para sempre, normalmente você sabe que estão exagerando. Mas Johnny B. Goode está no disco interestelar preso à nave Voyager — agora a dois bilhões de milhas da Terra e seguindo para as estrelas. Essas gravações vão durar um bilhão de anos ou mais.

Feliz 60º aniversário, com nossa admiração pela música que você deu para este mundo…

Go, Johnny, go.

Ann Druyan

Carl Sagan”

No programa ainda será apresentada uma análise sobre o papel do ativista midiático diante da teoria do Agendamento e da hipótese da espiral do silêncio tendo como base o caso da operação Carne Fraca.

Na playlist, além de Chuck Berry, ouviremos também o som de Crazy Legs, Bill Halley, Stray Cats, Elvis Presley, Sister Rosetta Tharpe, Little Richard, Jerry Lee Lewis, Johnny Cash e Carl Perkins.

, , , , , , , , ,